Chris Cornell: 10 canções para entender sua trajetória

“Chris Cornell, que ganhou fama como o vocalista das bandas Soundgarden e Audioslave , morreu aos 52 anos na noite desta quarta-feira 17 de maio de 2017.  Cornell estava em turnê com o Soundgarden e sua morte foi classificada como súbita e inesperada.”


1 – Soundgarden – Flower

Este é o primeiro single do Soundgarden e o primeiro videoclipe lançado pela banda. Aparece como faixa inicial do álbum de 1988, “Ultramega OK” que foi nomeado em 1990 para o Grammy Awards, na categoria Best Metal Performance.

2 – Soundgarden – Hands All Over

Presente no álbum Louder Than Love que posteriormente foi nomeado pela Q Magazine como um dos 50 Álbuns Mais Pesados de Todos os Tempos.

Aqui o vocalista reafirma a sua poderosa faixa vocal de quase quatro oitavas, e se consolida como  uma das principais vozes do movimento grunge dos anos 90 e também do heavy metal. A essa altura o Soundgarden já se firmava como uma das maiores bandas da emergente cena musical de Seattle, juntando nomes como Nirvana, Pearl Jam e Alice In Chains.

3 – Temple of the Dog – Hunger Strike

O Temple of the Dog foi um  supergrupo composto por músicos do Soundgarden e Pearl Jam. O seu único álbum foi lançado em 1991 e era uma homenagem a Andrew Wood, ex-vocalista da banda Mother Love Bone. Em 2016 para comemorar o aniversário de 25 anos desse projeto, o supergrupo se reuniu para uma série de shows e havia uma esperança de um álbum novo, como próprio Cornell contou em uma entrevista para o Den of Geek:

“Foi realmente uma experiência maravilhosa então eu acho que todos nós estamos motivados a fazer algo de novo. O único obstáculo é o mesmo que sempre existiu, que é o fato de todo mundo estar sempre ocupado. Então isso precisa literalmente ser planejado dois anos antes do tempo e isso é difícil de fazer. Mas é algo que nós definitivamente queremos fazer.

Seja isso a possibilidade de escrever novas músicas ou somente sair por aí fazendo mais shows, talvez em outras partes do mundo onde não fomos, eu não sei. Mas todo mundo quer fazer algo.”

4 – Soundgarden – Rusty Cage

Rusty Cage se tornou um sucesso instantâneo quando foi lançada no álbum “Badmotorfinger” em 1991. Nos anos 2000 ela foi regravada por ninguém menos que Johnny Cash.

5 – Soundgarden – Black Hole Sun

Lançada no poderoso álbum “Superunknown”, Black Hole Sun é talvez a música mais reconhecida do Soundgarden, e foi a música grunge mais popular de 1994. É considerada por alguns o último grande sucesso do grunge. O sucesso da música veio após a morte de Kurt Cobain, vocalista do Nirvana. Com sua letra fria, sua popularidade pode ser resultado da tristeza que era sentida pela comunidade grunge no momento. Outras partes podem ser uma referência a Kurt Cobain, como “hear you scream again” e “no one sings like you anymore”.

6 – Soundgarden – Pretty Noose

Pretty Noose foi indicada a um Grammy Award para “Best Hard Rock Performance” em 1997, mesmo ano da dissolução do Soundgarden que ocorreu devido a tensões na banda e divergências na direção criativa.  Cornell prosseguiu uma carreira solo.

7 – Chris Cornell – Preaching The End of the World

Lançado em 1999, “Euphoria Morning” foi o primeiro trabalho solo de Chris Cornell e foi muito bem recebido pelo público. Esse projeto traz uma atmosfera mais acústica em algumas canções como “Preaching The End of the World”.  A canção “Can’t Change Me” do mesmo álbum foi eleita como Melhor Performance Rock Vocal Masculino, no Grammy Awards 2000.

Em 2001, ele se juntou ao Audioslave, um supergrupo que incluiu os ex-membros da Rage Against the Machine, Tom Morello, Brad Wilk e Tim Commerford. A banda se apresentou em um concerto classificado como o primeiro show de rock ao ar livre de Cuba por uma banda americana.

8 – Audioslave – Like a Stone

“Like A Stone” é o single de maior sucesso do Audioslave e alcançou o primeiro lugar na lista Billboard Mainstream Rock Tracks.  A melancolia de certas partes da letra de “Like a Stone” induziu alguns a pensar se Cornell não teria escrito a música para o vocalista do Alice in Chains, Layne Staley, que morreu em Abril de 2002. Cornell posteriormente negou.


9 – Audioslave – Be Yourself

Próximo à Like a Stone, esta música é tida como uma das canções mais conhecidas do Audioslave, e ainda é tocada em várias rádios de todo o mundo. A música foi inspirada na vida de Chris Cornell. Ele disse:

“Be Yourself foi realmente criada baseando-se em várias coisas pelas quais passei em minha vida, uma grande quantidade de mudanças, todas as tragédias, todos os estúpidos erros horrendos que cometi em minha vida pessoal, querendo fazer coisas melhores, querendo não ser envergonhado, toda essa coisa”, ele explicou. “Você sabe, esta é a única vantagem de envelhecer, e esta canção diz isso tão simplificadamente, atingindo um nível que há dez anos seria constrangedor colocá-las numa música, porque é bastante simples. Mas aí está.”

O Audioslave dissolveu-se em 2007.  Já em 2012 aconteceu a tão esperada reunião do Soundgarden e eles lançaram o sexto álbum de estúdio da banda, “King Animal”.

10 – Soundgarden – Been Away Too Long

“King Animal”  é o primeiro álbum do Soundgarden após 16 anos. Esse trabalho foi fruto da constatação da banda de que o Soundgarden andava meio esquecido nos anos 90 e que não havia quase nada da banda no novo milênio. Ele rendeu  uma turnê mundial que passou pelo Brasil em 2014 no festival Lollapalooza.

Ainda Relevante

Após 12 anos longe dos palcos o Audioslave se reuniu  para um único show em 20 de janeiro de 2017, no Teragram Ballroom, em Los Angeles, como um protesto contra o baile de posse de Donald Trump, presidente dos EUA.

O Soundgarden entrou em turnê  em 2017 e era esperado um novo álbum para este ano. Cornell disse em entrevista recente:

“Estamos começando a escrever o novo álbum. Nós não temos uma programação. O que eu mais espero — já que eu estou sempre em turnês, especialmente nos últimos dois anos, sozinho — é a camaradagem. É o que perdemos quando não éramos uma banda. Quando eu faço turnês solo, estou realmente sozinho o tempo todo, então essa é a melhor coisa sobre isso.”

Além de sua música, Cornell também se envolveu em filantropia e começou a Fundação Chris e Vicky Cornell para apoiar as crianças que enfrentam desafios, incluindo a falta de moradia, pobreza, abuso e negligência.

Morte

Segundo Bumbery, a viúva Vicky e a família de Cornell (ele tinha dois filhos, Toni e Christopher) estão em choque. A polícia local investiga a morte como suicídio. Uma fonte teria informado que a mulher de Cornell ligou para um amigo da família para ver como o cantor estava. Ele arrombou a porta do quarto do hotel e encontrou o corpo de Chris no banheiro com uma corda em volta do pescoço.

Cornell comandou um show do Soundgarden horas antes de morrer e aparentava empolgação, além de estar em boa forma. Ele estava no meio de uma turnê pelos Estados Unidos com a banda The Pretty Reckless e os ingressos estavam todos esgotados.

A morte do vocalista entristece os fãs dessa geração inspiradora que já perdeu Kurt Cobain (Nirvana), Layne Staley (Alice In Chains) e Scott Weiland (Stone Temple Pilots), todos precocemente. Dessa incrível geração só nos resta o Pearl Jam.

“Todos cumpriram o seu papel no mundo da música e suas composições sempre estarão ecoando nos quatro cantos desse mundo e nunca sairão do coração e da lembrança de seus fãs.

Thank You Chris, Rest In Peace, brother…”